50 tons do Diagnóstico – Doutor: Olha pra minha cara! Sem Avaliações.

50 TONS DO DIAGNÓSTICO: “Doutor: olha pra minha cara!”

Sim, nosso país está mudando. Os brasileiros estão aos poucos conhecendo a força da  informação. Talvez seja o ponto em que chegamos: de ver nossa educação, saúde e segurança não sendo bem administrados, nos vimos na necessidade de buscarmos nós mesmos informação e exigir melhoras dos responsáveis.

E por mais que uns digam que está tudo bem, a realidade não é essa. #naotatudobem com muita coisa e uma delas é o DIAGNÓSTICO NO BRASIL.

Caso nos informemos sobre as CAUSAS dos problemas, teremos muito mais chances de resolvê-los. E como sempre, vou focar na área da Saúde!

Insisto sempre em dizer: Precisamos recuperar principalmente a noção do que seja CORRETO, JUSTO, O BOM PARA A MAIORIA. E focar na SOLUÇÃO CORRETA dos problemas. E isso passa necessariamente pelo CORRETO DIAGNÓSTICO.

Todos querem viver melhor, ter saúde para vender e ser felizes!

E como iremos evoluir como nação, se não sabemos o que temos? Como nos tratar os problemas sem saber sua origem correta?

E é sobre isso que vamos falar nesse artigo.

O BRASILEIRO QUER QUE O MÉDICO OLHE NA CARA DELE !

A cena é mais comum do que se imagina. Quem nunca foi a uma consulta e o médico nem olhou na sua cara direito?

Passam-se alguns minutos, em que você fala rapidamente seus sintomas, receber uma lista de exames para fazer e remédios a serem tomados. E aí você sai às vezes sem saber o que provavelmente tem e muitas vezes com dor.

O pior: explicações são dadas tão rapidamente que você mal tem tempo de anotar ou lembrar. Será que foi algo importante? A gente pensa: se fosse, o médico escreveria.

Claro que sabemos que o tempo é escasso, a medicina como todas as áreas viraram um negócio: TEMPO É DINHEIRO. Mas será que tinha que ser assim?

E acredite: ter uma consulta com mais de 15 minutos se tornou raridade! Isso mesmo não havendo uma regulamentação que determine o tempo mínimo que uma consulta médica pode ter. mesmo não havendo regulamentação OFICIAL.

Fiquei sabendo que as UBS têm orientação da prefeitura para atender pacientes a cada 15 minutos, portanto a consulta com certeza tem duração menor que isso. Por isso vemos que existem consultas que demoram menos de 5 minutos.

E como dizer todos os sintomas em tão pouco tempo? Como um médico é capaz de fazer uma possível hipótese de diagnóstico se não conhece os hábitos do paciente? E será que pede os exames corretos para o que provavelmente o paciente tem?

Eu tenho as minhas dúvidas.

O QUE É UMA BOA CONSULTA PARA VOCÊ, PACIENTE?

Gosto sempre de lembrar nos nossos artigos: a Constituição Federal de 1988 garante (pelo menos no papel) que todo o cidadão brasileiro tem direito à saúde pública de graça e de qualidade.

Diante de várias pesquisas feitas por jornais e revistas, a SAÚDE é a maior preocupação dos brasileiros. E eu como usuária SUS (paciente) e profissional da saúde procuro sempre ver ambos os lados, para que eu tente enxergar a origem dos problemas e tentar dar a minha contribuição na solução.

Como alguém que tem problema de saúde gosta de ser tratado?

Porque o paciente não tem noção da qualidade dos equipamentos que o hospital usa, ou do currículo que o médico tem. Ele só quer que sua dor acabe e que sua saúde volte. E de preferência sentir que o profissional do outro lado mostre que SE IMPORTE com ele.

E falando com conhecidos e parente, quantas vezes você ouviu que muitas pessoas se sentiram mal com a falta de atenção e presenciaram médicos que “mal olham na nossa cara”?

E nessa situação, tem gente que faz tratamentos errados pelo fato do médico fazer um correto diagnóstico!

Algumas vezes o tempo curto e a falta de atenção podem levar o médico a tratar somente sintomas do problema e não a CAUSA.

E a parte mais importante é deixar o paciente FALAR, e não apenas responder perguntar pré-prontas.

O atendimento rápido compromete SIM o diagnóstico.

E imagine se a gente começa a fazer um tratamento ou tomar uma medicação que não é a que vai atacar a causa do problema? Além de não resolver, pode até piorar o caso. E em casos extremos até levar à morte!

Houve um caso em que o Tribunal de Justiça de São Paulo em 2010 condenou um hospital privado a pagar uma indenização para uma família que perdeu a criança de um pouco mais de 1 mês de vida. Ela estava com uma pneumonia grave, mas foi apenas avaliada e retornou para casa somente com uma prescrição de Novalgina. Nem quero imaginar a dor daquela família!

SE O DIAGNÓSTICO NÃO FOR VALORIZADO, COMO TRATAR CORRETAMENTE?

Não há falta de médicos e nem de dentistas no Brasil. Pelo contrário: há muitos e com muita qualidade. Porém, esses profissionais relatam baixa remuneração e necessidade de atender vários pacientes por dia. E isso é tanto na rede pública como na privada. E claro que existem exceções.

Tanto a rede pública não oferece condições ideias de trabalho, como a rede privada está refém de convênios médicos que remuneram muito pouco os profissionais de saúde.

Todo um sistema que dificulta a melhora da qualidade. Nós mesmos, da Radiologia Abreu estamos abrindo mão de atender convênios pela pouca valorização e excesso de burocracia para receber valores tão baixos.

É… Vivemos em uma época em que temos que nos consultar com profissionais da área da saúde que têm que enfrentar muitos desafios para nos atender.

E justamente por isso, os pacientes precisam ficar cada vez mais informados sobre sua própria saúde e hábitos.

E dessa maneira, podem observar se os profissionais de saúde vão fazer um diagnóstico correto.

O paciente deve falar tudo o que achar conveniente (e deve perceber se quem o ouve está prestando a devida atenção às suas respostas) e se os exames pedidos estão de acordo com a suspeita do médico. E claro, é importante perguntar para o profissional se o exame feito foi é de qualidade e se deu as informações que ele precisava para poder dar o tratamento correto.

Nós como pacientes devemos perceber se o profissional realmente se importa em nos curar, pois quando se tem dor, somente queremos que ela suma.

E ressaltando mais uma vez: é importante que o médico indique um dentista para o paciente que relate dor na face ou que perceba algum sinal de que pode haver problemas dentários.

Acredite: há muitos pacientes tratados por médicos, e que na verdade têm problemas dentários.

Os dentistas também têm a total capacidade de indicar um médico ao paciente caso note sinais bucais ou até mesmo físicos do paciente.

Cada profissional de saúde tem a sua indicação.

E ressalto novamente: o paciente tem que ter a consciência de que não basta ele saber que tem o problema: ele tem que ir atrás de bons profissionais, se informar para saber a verdadeira causa de seu problema e fazer corretamente o tratamento sob orientação do profissional que o esteja acompanhando.

E na medida do possível, todo mundo deve conhecer maneiras para prevenir problemas de saúde com bons hábitos diários.

E COMO FAZER O PROFISSIONAL DE SAÚDE OLHAR PARA NOSSA CARA?

O paciente deve ter essa informação e exigir que se tenha uma consulta que pelo menos o faça ter uma possível causa de seu problema explicado pelo profissional que o esteja atendendo.

Vejo o quanto na Medicina como na Odontologia é importante ter um conhecimento sobre o estado geral do paciente para se chegar ao diagnóstico. E isso é impossível de se fazer em menos de 15 minutos. E muito menos sem olhar para a cara do paciente!

Temos orgulho de saber que os dentistas que encaminham pacientes para nós se preocupam de verdade com o DIAGNÓSTICO. Além de nós fazermos a nossa parte, eles pedem exames que vão complementar os dados clínicos que colhem no momento da consulta.

A consulta odontológica deve ser VALORIZADA, pois o profissional que faz uma Consulta minuciosa e cuidadosa, com certeza que oferecer o melhor para seu paciente.

Tive uma experiência passando em consulta médica, e não tive nenhuma hipótese do que eu tinha nas duas primeiras consultas. Somente na terceira, houve uma suspeita e indicação de exame para avaliar.

Tenho certeza de que na Odontologia também seja importante ter um conhecimento sobre o estado geral do paciente para se chegar ao diagnóstico

A MUDANÇA COMEÇA POR NÓS

Não podemos nos acostumar com as coisas do jeito que estão.

A gente ser mal tratado: tanto não ter atenção quanto em não ter nosso problema resolvido por profissionais de saúde não pode ser considerado Normal. Isso #naotatudobem

Pode até ser comum, mas não é NORMAL.

Temos que tomar atitude para que a realidade mude também conosco.

Não podemos mais nos conformar com trabalhos mal feitos, em sermos mal tratados (tanto no sentido pessoal quanto como paciente) e não podemos mais ficar quietos quando tivermos resultados ruins.

Se não nos manifestarmos e não exigirmos o que merecemos, corremos o risco de não apenas não melhorar a situação, como até mesmo podemos contribuir para que esse “mecanismo” se mantenha e até piore.

O acesso à informação para a população de seu estado de saúde é primordial para ter um correto diagnóstico e ter o seu problema resolvido.

E vale lembrar que o paciente tem a responsabilidade de cuidar diariamente de sua saúde.

O simples é o que nos faz saudáveis: uma alimentação saudável, hidratação, exercícios físicos, bem como prevenção bucal diária (escovação e fio dental 3 vezes ao dia).

Não adianta exigir que um profissional de saúde te cure se você nem ao menos se alimenta direito e não cuida do seu próprio corpo.

Tem coisa que só nós podemos fazer por nós mesmos e pela nossa saúde. E se alimentar, tomar água e se exercitar são algumas dessas coisas.

Portanto: faça a sua parte!

E acredito que dessa maneira você poderá exigir do outro que faça o melhor por você.

E outra coisa que acho importante é sabermos no momento em que não estivermos satisfeitos, sabermos para quem falar ou reclamar da situação.

Procure se informar de quem são os ouvidores ou responsáveis do local que você é atendido.

No caso de UBSs, AMAs e Hospitais,, existem os conselhos gestores de saúde que fazem reuniões mensais. E os usuários desses serviços podem sim participar e expor suas insatisfações.

Seja em local particular ou pública, procure meios de comunicar sua insatisfação e exigir que seu problema seja resolvido.
Infelizmente o bom senso não existe; ele deve ser exigido.

SE IMPORTAR COM O OUTRO É IMPORTANTE: É NOSSA RESPONSABILIDADE NOS TRATAR BEM E EXIGIR SER TRATADO BEM

Nós profissionais de saúde somos também pacientes. E só por isso deveríamos tratar os pacientes com toda a atenção do mundo.

E é fundamental para um profissional de saúde enxergar como o paciente gostaria de ser tratado muito bem.

E informações dadas pelo paciente pode dar dicas valiosas da causa do problema dele.

Temos que nos cuidar e exigir que sejamos tratados bem ao alguém cuidar de nós!

A nossa responsabilidade está em cuidar da saúde física, mental, espiritual e até a social.

E com relação ao profissional de saúde, peça para o médico tirar todas as suas dúvidas e que você seja ouvido por completo. E verifique se fazem algum exame clínico para verificar coisas simples como batimento cardíaco, pressão ou respiração.

Todo detalhe é importante e pode ser a diferença!

Isso porque um diagnóstico correto vai resolver a CAUSA do seu problema e não minimizar um sintoma do problema, enquanto o problema continua lá.

Sim! Muita coisa #naotatudobem e cabe a nós mudar isso!

O DIAGNÓSTICO É PRIMORDIAL PARA QUE O CORRETO TRATAMENTO SEJA FEITO!

Essa é justamente a nossa área: Diagnóstico.

A Radiologia Odontológica Abreu está atenta a isso.

Descobrindo a verdadeira CAUSA da dor ou do problema, o profissional da saúde pode direcionar seus esforços para ele e traçar o plano de tratamento ideal para o caso.

Exames de qualidade são essenciais, pois mostra dados que não são visíveis à olho nu.

Alguns exames são simples (como hemograma), outros mais complicados (como a radiografia panorâmica).

Porém, quando há uma boa orientação profissional de como se posicionar e quando há a colaboração do paciente, tudo é feito tranquilamente.

O dentista, além de ter bons exames e imagens em mãos, analisa com muito cuidado o LAUDO.

O laudo é a interpretação do que os exames ou imagens mostram. E esse parecer junto com a experiência do profissional de saúde mostram o melhor caminho.

E o paciente juntamente com o dentista (no caso da radiografia panorâmica) podem discutir o caso e conversar sobre os possíveis tratamentos a serem realizados. Os exames trazem segurança tanto para o paciente quanto para o profissional de saúde.

ELOGIE QUANDO VOCÊ FOR BEM ATENDIDO!

Sempre bom lembrar: Aqui na Radiologia Abreu ficamos muito felizes de receber elogios. E não somente pela parte técnica, mas pela parte humana.

Eu sempre elogio um profissional que me trata bem e isso é raro hoje em dia, não é mesmo?
As pessoas só reclamam e não reconhecem quando um serviço é bem feito.

Aqui a nossa equipe é muito bem orientada e muito bem treinada, tenta sempre tirar todas as dúvidas dos pacientes e dar informações corretas.

Sabemos que alguém que vai no dentista, normalmente quer resolver um problema. E muitas essas pessoas têm medos, dificuldades e desafios. E com atenção e uma simples orientação, realizar tranquilamente o exame.

E acredito que o maior segredo para o paciente ficar satisfeito é SE IMPORTAR COM O OUTRO.

SE VOCÊ TEM EXAME ODONTOLÓGICO PARA FAZER E AINDA NÃO FEZ, VÁ AGORA MESMO!

Eu também sou paciente! Então vamos fazer a nossa parte!

Faz quanto tempo que você não vai ao dentista? Mais de 6 meses? Então já está na hora!

Você que foi e está com o pedido de exame para fazer, não fique enrolando! Vai lá e faça o quanto antes!

E lembre-se de falar para o seu dentista sobre a sua saúde geral e hábitos, pois ela interfere diretamente no resultado de seu tratamento.

VISITE REGULAMENTE O SEU DENTISTA E FAÇA OS EXAMES QUE ELE SOLICITAR CONOSCO!

Mais uma vez: A Saúde começa pela boca!

Cuide diariamente de sua saúde bucal.

Claro que é importante cuidar também da saúde do seu corpo.

E se você procurar um profissional de saúde, exija que você seja bem tratado por ele.

Você merece!

Resumindo: o texto que relatei é alertar os pacientes sobre a importância de sermos bem tratados pelos profissionais de saúde.

E como paciente, visite o Seu Dentista a cada 6 meses ou a cada ano.

E se ele solicitar exames odontológicos, faça conosco!

Fazemos tudo baseado nos 3 pilares: qualidade, bom atendimento e simpatia!

Só clicar no link a seguir www.radiologiaabreu.com.br para agendar.

Você pode falar conosco agora mesmo pelo Whatsapp! Ou se preferir ligar, temos 4 linhas à disposição.

E só por curiosidade, exame mais solicitado pelos dentistas é a radiografia panorâmica, pois ela fornece uma visão geral sobre como seus dentes e estruturas adjacentes estão naquele momento.

E existem casos que necessitam de um estudo mais apurado. E nesses casos, os dentistas podem também solicitar outros exames (tais como Radiografias Periapicais, a Documentação Ortodôntica e a Tomografia Computadorizada). E fique tranquilo: fazemos todos eles!

Quem melhor do que nós mesmos para cuidar do Nosso Sorriso e de nossa Saúde?

Até o próximo artigo!

Dra. Paula Pinheiro de Abreu, Dentista e Jornalista

E Você, gostou do artigo? Esperamos que sim!

LEIA, RELEIA E NOS AJUDE A DIVULGAR ESSA INFORMAÇÃO COMPARTILHANDO NOSSAS PÁGINAS NO FACEBOOK, YOUTUBE E INSTAGRAM!

CLIQUE ABAIXO e Curta Agora Também a Nossa Página do Facebook!

https://www.facebook.com/RadiologiaOdontologicaAbreuOficial/

https://www.facebook.com/paulaabreusorriso/

https://www.facebook.com/naotatudobem/

 

CLIQUE DEPOIS ABAIXO e Siga também o Nosso Instagram:

https://www.instagram.com/radiologiaodontologicaabreu/

https://www.instagram.com/paulaabreu_sorriso

https://www.instagram.com/naotatudobem_com_paula_abreu

 

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

https://www.youtube.com/channel/UCds5nuRlBP66i39sqoeVpMA

https://www.youtube.com/channel/UCm2hCFKsajYKme9BCZVoQuQ

 

“Radiologia Odontológica Abreu – Porque o Sorriso é o Idioma Universal.”

Nosso Endereço: Avenida Otacílio Tomanik, 246 – Jardim Bonfiglioli – Butantã – São Paulo – SP

Para agendamentos, fale conosco: (11) 3853-7071  ou  (11) 94785-3150
Whats App: (11) 93005-2297

Site oficial: www.radiologiaabreu.com.br

#radiologiaodontologicaabreuoficial, #radiologiaodontologica , #radiologiaodontologicaabreu #radiografiaodonto, #odontologia, #radiografia #saudebucal, #sorriso, #sorrisoidiomauniversal , #radiologiaabreu , #paulaabreusorriso ,#raioxdosorriso, #paulaabreu, #naotatudobem_com_paula_abreu, #paulaabreu_sorriso,  #saúdepública, #sorrisodascrianças, #diadodentista, #república, #eleições2018, #raçanegra, #naotatudobem_com_paula_abreu, #maismedicos #naotatudobem, #hinonacional , #saude , #naotatudobemmasvaificar #saudeebemestar , #joicehasselmann , #felipemourabrasil , #olavodecarvalho , #deveres , #direitos , #politicos , #políticos , #anitta , #bolsonaro , #naotatudobem_com_paula_abreu , #saudepublica, #ubs, #ama, #hospitais

 

Por favor Avalie Isto.

10total visits,10visits today

Sobre o Autor: Paula Pinheiro Abreu

Olá! Sou Paula Abreu. Sou formada em Odontologia pela UNESP de São José dos Campos e especialista em Radiologia e Imaginologia Odontológica pela USP (FUNDECTO). Estou atenta a tudo o que acontece no dia-a-dia e acredito que uma situação por mais simples que seja, podem nos ajudar a melhorar. Depende de nosso olhar! Porque Sorrir faz Bem e fazer outra pessoa Sorrir, melhor ainda! Vamos juntos!

Deixe uma Resposta

Seu Email nâo será Divulgado.