7 Dicas Para os Dentistas de Como Solicitar Exames Odontológicos  Sem Avaliações.

Os Exames de imagem Odontológicos se tornaram as principais ferramentas de auxílio de diagnóstico.

Os pacientes estão cada vez mais informados e milhões de exames são realizados no mundo todos.

São eles: a radiografias panorâmica, documentações para aparelho, tomografias computadorizadas Cone Beam, Radiografias Periapicais e outros.

E o cirurgião-dentista deve estar atento ao solicitar esses exames para o paciente. Além de solicitar exames corretamente,  deve dar informações valiosas aos pacientes. Assim, facilita para eles na hora de procurarem uma Radiologia e assim eles farão o quanto antes para iniciar o tratamento.

Ficou curioso? Então vamos lá para saber quais são as 7 dicas! São elas:

1-    A Requisição de Exames

Temos hoje em dia a consciência por parte dos pacientes sobre a necessidade de realizar exames. Já vimos diversos pacientes trocando de dentista simplesmente porque o Dentista anterior não pediu nenhum exame  para avaliar o caso deles.
E sabemos também que, na correria do dia-a-dia, tanto o profissional como o paciente podem não se ater a alguns detalhes que podem fazer a diferença.
Os dentistas sabem que utilizam de exames complementares para captar mais informações e para isso devem escrever a finalidade do seu pedido o mais detalhado possível. E o paciente deve ser informado da importância desse exame.
Além disso, há o laudo do colega radiologista, que pode direcionar a análise à necessidade do cirurgião-dentista solicitante.
O dentista poderá então chegar a um diagnóstico preciso e estabelecer o melhor plano de tratamento para o paciente.

Além dos resultados dos exames e suas análises, são fundamentais o histórico do paciente e informações sobre antecedentes odontológicos e de saúde geral. Isso porque podem mudar o raciocínio diagnóstico, bem como o possível tratamento indicado para o caso.

É muito importante para a Radiologia Odontológica saber o nome, idade e sexo do paciente.  Não há necessidade de uma anamnese completa, mas dados que podem direcionar o radiologista ajudam muito para um diagnóstico.

Na hora de solicitar um exame colega dentista; vamos nos lembrar da faculdade quando descrevíamos o motivo do exame: “Paciente exibe tumefação facial do lado esquerdo e dor dentária difusa. Paciente de 18 anos”.

Quanto mais específico, melhor será para o dentista solicitante. Isso porque o radiologista poderá olhar com mais atenção caso já venha descrito algum dado clínico.

E se for um exame de urgência, escreva pelo menos o mínimo para o que você precisa.

RESUMO DO PEDIDO
Solicito: Tomografia computadorizada Cone Beam
Paciente: Maria dos Santos
Sexo:Feminino
Idade: 72
Suspeita diagnóstica: Paciente com quadro de dor facial lado esquerdo e prótese fixa com mobilidade.
E Dentista, Caso você utilize a requisição de exame de alguma Radiologia, marque com um X o exame de sua escolha e Escreva Tudo o que achar importante para o radiologista saber para elaborar o laudo. Isso é bom para VOCÊ!

2-    Quando pedir exames complementares

 

Caso você tenha feito o pedido de um exame específico e autorize a complementação de outros exames indicado pelo radiologista, deixe claro no seu pedido.

“Solicito radiografia panorâmica e caso haja necessidade, realizar radiografia periapical”.

Felizmente temos uma realidade em que os pacientes estão cada vez mais informados e estão aptos a complementações caso sejam avisados com antecedência.

A Tomografia Computadorizada Cone Beam pode ser largamente solicitada pelos dentistas em casos de suspeita de fratura ou dor. E os próprios pacientes já sabem da importância do exame para planejamento de implantes e extrações dentárias.

 

3-    Quais os desafios que o paciente pode enfrentar para fazer o exame? PERGUNTE A ELE!

Pacientes com alguns tipos de marca-passo e clipes de aneurisma não estão impedidos de realizar o exame radiográfico/ tomográfico. Porém, eles devem ser alertados de que a imagem de alguns objetos podem aparecer nas radiografias/ tomografias, dificultando o diagnóstico.

Demais Objetos metálicos que podem ser removidos antes do exame e isso deve ser explicado pelo dentista. Tudo do pescoço para cima, que for de metal, deve ser removido; brincos, correntes, próteses com metal, aparelhos de ouvido, presilhas de cabelo, “piercings”, etc. É rápido e simples de explicar para o paciente a importância de fazer isso no dia.
Exames de tomografia e radiografias podem ser feitos em gestantes, porém recomenda-se carta médica dizendo que está autorizando a realização do exame.  Recomenda-se que Gestantes devem evitar fazer exames no primeiro e terceiro trimestres.
Exames com moldagem são em sua maioria tranquilos de realizar, mas identifique se o paciente tem sensibilidade, perguntando se ele sente enjoo ao escovar os dentes. Pode ser um sinal para você alertar sobre o incômodo de fazer o exame. E recomenda-se jejum, mas avise que não é para ficar o dia todo sem comer. É um jejum de 2 horas antes do exame somente. Já tivemos pacientes que foram sem comer e tiveram uma baixa de pressão na hora do exame. Precisamos dar um auxílio e buscar uma água para eles, simplesmente porque ficaram muito tempo sem comer.
Pacientes diabéticos, cardíacos e que tomam medicação não tem nenhuma contra-indicação de realizar esses exames. Porém o momento do exame pode ser de ansiedade (por não saber como se faz), e pode haver alteração do estado controlado no dia. Tranquilize seu paciente, dizendo que são exames simples e que você confia no trabalho da Radiologia.

5- Não há nenhum exame melhor do que o outro na área da saúde

Existe uma lenda equivocada na medicina de que de que ultrassom é pior que tomografia que é pior que ressonância.
Na realidade, a radiografia é um dos melhores métodos para o diagnóstico de tumores ósseos, por exemplo. A ultrassonografia é o melhor exame para a maioria dos distúrbios da tireoide. A tomografia é o melhor exame para cálculos renais e parênquima pulmonar. A ressonância magnética é um excelente exame em diversas situações (articulações, crânio) porém não avalia bem calcificações, nem o parênquima pulmonar, por exemplo.
Na Odontologia é a mesma coisa. A radiografia panorâmica é excelente para se ter uma visão geral de Todos os dentes ao mesmo tempo. A radiografia periapical mostra com detalhes dentes em grupos menores de dentes, em toda a sua extensão. A radiografia interproximal é excelente para avaliar os espaços interproximais dos dentes. E a TC é o único exame que permite a visualização da espessura óssea e exibe a relação das estruturas umas em relação à outras.
A Radiografia é mais barata e disponível, porém apresenta limitações.
 Enfim, existe o exame certo na situação clínica e contexto adequado; jamais são superiores ou inferiores aos outros.

6- Devemos nos preocupar com a Radiação?

Primeiro de tudo, deve-se solicitar o exame certo para o que você precisa, evitando assim exames desnecessários. E principalmente em indivíduos jovens e crianças isso é muito importante, pois os pais se preocupam com a radiação nessa fase de crescimento.
No caso na Medicina, algumas áreas do corpo são mais suscetíveis a radiação  (cristalino, tireoide, gônadas) e portanto deve-se evitar exames de tomografia (uma tomografia emite cerca de 100 vezes mais radiação que uma radiografia) destas áreas quando tivermos outros exames que possam substituir com acurácia semelhante.
Pedir tomografia de seios da face de crianças para diagnosticar sinusite é um exagero. Existem radiografias comuns que facilmente podem fazer o diagnóstico.
Por outro lado quando necessário deve-se realizar o exame. Podemos ilustrar uma situação em que uma gestante com suspeita de pneumonia. Aí sim uma Tomografia se justificaria.
Na Odontologia temos que as radiografias são excelentes, porém são limitadas quanto a análise da espessura óssea em determinada região para estudo de implante.
Temos que avaliar se o benefício do exame supera o risco da radiação. Basta ter bom-senso.
Explique ao seu paciente que uma radiografia tem menos radiação que uma viagem internacional de avião (sim, lá em cima não temos tanta camada de ozônio para filtrar…) ou uma tarde de sol na praia. Ou até mesmo menor do que a radiação do celular, algo que ficamos horas por dia em contato.
E nos casos de avaliar dentes inclusos ectópicos ou planejamento de implante, não abra mão de indicar o exame. Mesmo com o questionamento da necessidade de realizar por parte do paciente ou reclamação pelo elevado preço. Explique que esse é o único exame que vai dar essa informação e com ele o planejamento vai ficar muito mais seguro.

7- O Exame é o Seu Principal apoio para um Diagnóstico Preciso e um Plano de Tratamento próximo do ideal

Lembramos que sempre o exame de imagem deve ser sempre usado em conjunto com os dados clínicos e laboratoriais.
E devemos fazer um diagnóstico diferencial baseado em todos os dados possíveis do paciente. Porém, temos que ter em mente que um exame de imagem não é um decreto. E nem sempre condiz com a sua expectativa baseada em exame clínico.
Tivemos um caso em que um dentista questionou um resultado de uma Tomografia porque ao exame clínico, o dente que exibia maior mobilidade era o que menos apresentava perda óssea  por meio do exame. Sob sua perspectiva, ela supôs que a imagem deveria condizer com o quadro clínico e nem sempre isso acontece.
Além disso, uma dor na face muitas vezes pode estar sendo erroneamente tratada por oftalmologistas, otorrinolaringologista e até neurologistas, sem que haja o levantamento da hipótese de ser problema dentário. Isso é mais comum do que imagina! E nós aqui da Radiologia Abreu estamos sempre atentos à isso!
Quanto aos achados radiográficos, são em sua maioria pouco específicos e podem ser semelhantes em diversas patologias. O colega radiologista irá descrever e dar algumas possibilidades de diagnóstico. E caso haja necessidade, outro exame irá ser indicado para dar uma direção e afastar outras possibilidades.
O setor de anatomia patológica é outro departamento, e deve ser solicitado caso haja reabsorções ósseas de grandes dimensões ou aspectos radiográficos específicos. O
 histopatológico da lesão poderá esclarecer se é algo inflamatório, tumoral, degenerativo por exemplo.

Enfim, Quem pede o exame é você, CIRURGIÃO -DENTISTA!

E você que deve ter todas as informações para realizar o Seu Trabalho!

Todos sabemos que é cada vez mais comum os pacientes chegarem ao consultório e já ter buscado informações no Google sobre tudo. E algumas vezes arriscam a dizer ao médico e ao dentista quais exames devem ser feitos.
Cabe a você dentista; explicar a necessidade de cada um deles. Eles não podem deixar de ser realizados pelos pacientes; seja por falta de informação sobre a importância deles ou porque julgam que não precisam fazer.
**DENTISTA: DEIXE CLARO QUE VOCÊ PRECISA DO EXAME PARA PODER NO RETORNO PASSAR O ORÇAMENTO E PLANO DE TRATAMENTO!
Lembre-se Sempre de ler o LAUDO; ele traz um grande número de informações e que a conclusão ou hipótese é somente uma síntese.
Portanto parte importante do diagnóstico do paciente também consta no corpo do texto. O radiologista pode Sim auxiliar na sugestão de exame e na discussão dos resultados.

Não são todos os colegas dentistas que utilizam esse recurso, tenham a certeza de que o radiologista pode ter sempre a disponibilidade de discutir um caso.

Aqui na Radiologia Abreu sempre tem um radiologista para tirar as suas dúvidas!

Além disso, se o radiologista tem experiência baseada nos inúmeros casos que já viu e poderá orientar na indicação de exames complementares na finalidade de elucidar ou afastar uma suspeita diagnóstica.
**ÚLTIMO LEMBRETE PARA VOCÊ DENTISTA: Antes de achar que o exame está errado ou que houve algo de errado, procure o colega radiologista e discuta sobre o caso!
Muitas vezes na execução do exame houve uma dificuldade para o  posicionamento do paciente. Pelo menos aqui na Radiologia tentamos até ficar bom, porém há casos em que o paciente apresenta limitação de movimentação (no caso de idosos) ou o paciente não coopera se mantendo parado em posição (crianças hiperativas e pacientes especiais).
Em outros casos, o radiologista pode escrever no laudo termos não usuais e isso pode ser esclarecido em uma simples troca de informações.
Nada é tão enriquecedor quanto a troca de informações entre colegas.
Uma troca de ideias pode ser transformador!
E poderá haver aprendizado de ambas as partes e o maior beneficiado será o paciente.
Não há problema nenhum em ter dúvidas. Temos que ter a humildade de saber que não sabemos tudo. E se precisamos de um auxílio, basta buscar com alguém que tenha conhecimento.
E até situações que fogem ao lado podem causar estresse à toa, que poderia ser resolvido com uma simples conversa. Quantas vezes doutores nos ligam perguntando sobre um exame de paciente dizendo que ainda não havia sido entregue, e esse exame já estava em sua clínica e a secretária não tinha avisado?
Chega a ser um transtorno para nós, que procuramos sempre cumprir com nosso trabalho corretamente. Muitas vezes nossos atendentes ficam assustados com tamanha rispidez do outro lado da linha ou por mensagem de Whatsapp, mas contornamos rapidamente. E não que nunca tenhamos falhado no passado, mas procuramos atualmente evitar qualquer tipo de atraso. Pelo contrário, os dentistas ficam satisfeitos com até o adiantamento de alguns exames.
E quando ligam, respiramos, perguntamos os dados do paciente e verificar em nosso sistema se o exame já foi entregue em tal dia e tal horário e recebido por tal pessoa. Pronto! Simples assim!
Ah! E há casos em que houve a necessidade de melhora de algum exame e o prazo acaba se estendendo. Isso porque muitas vezes dependemos do retorno do mesmo. Uma regra aqui é clara: somente entregamos exames que estejam 100%. O dentista e o paciente merecem o nosso melhor!
Por isso sempre friso: antes de supor, não brigue e não fique chateado. Simplesmente  PERGUNTE!
Resumindo: Seja parceiro da Radiologia Odontológica que você indica!
E Procure falar com os radiologistas em casos mais complexos, pois assim você não se sentirá tão sozinho para tomar as decisões.
Tenha certeza de que a Radiologia jamais vai querer prejudicar um cliente. E o foco deve ser na solução, e não no problema. O importante é que o paciente tenha um ótimo resultado.
E nós da Radiologia Abreu ficamos felizes em contribuir com isso – diariamente!
E caso queira ser nosso parceiro, entre em contato conosco pelo e-mail, Whatsapp ou telefone. Teremos o maior prazer em receber seus pacientes para fazer exames conosco!
Telefone (11) 3853-7071/ 94785-3150
Whats App: (11) 93005-2297
E-mail: radiologiaodontologicaabreu@gmail.com
Site: www.radiologiaabreu.com.br

E Você, gostou do artigo? Esperamos que sim!

LEIA, RELEIA E NOS AJUDE A DIVULGAR ESSA INFORMAÇÃO COMPARTILHANDO NOSSAS PÁGINAS NO FACEBOOK, YOUTUBE E INSTAGRAM!

Até o próximo artigo!

Dra. Paula Pinheiro de Abreu, Dentista e Jornalista

CLIQUE ABAIXO e Curta Agora Também a Nossa Página do Facebook!

https://www.facebook.com/RadiologiaOdontologicaAbreuOficial/

https://www.facebook.com/paulaabreusorriso/

 

CLIQUE DEPOIS ABAIXO e Siga também o Nosso Instagram:

https://www.instagram.com/radiologiaodontologicaabreu/

https://www.instagram.com/paulaabreu_sorriso

 

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

https://www.youtube.com/channel/UCds5nuRlBP66i39sqoeVpMA

 

“Radiologia Odontológica Abreu – Porque o Sorriso é o Idioma Universal.”

Nosso Endereço: Avenida Otacílio Tomanik, 246 – Jardim Bonfiglioli – Butantã – São Paulo – SP

Para agendamentos, fale conosco: (11) 3853-7071  ou  (11) 94785-3150
Whats App: (11) 93005-2297

Site oficial: www.radiologiaabreu.com.br

#radiologiaodontologicaabreuoficial, #radiologiaodontologica , #radiologiaodontologicaabreu #radiografiaodonto, #odontologia, #radiografia #saudebucal, #sorriso, #sorrisoidiomauniversal , #radiologiaabreu , #paulaabreusorriso ,#raioxdosorriso, #paulaabreu, #naotatudobem_com_paula_abreu, #paulaabreu_sorriso,  #saúdepública, #sorrisodascrianças, #diadodentista, #república, #eleições2018, #raçanegra, #naotatudobem_com_paula_abreu, #maismedicos #naotatudobem, #hinonacional , #saude , #naotatudobemmasvaificar #saudeebemestar , #dentistas, #blogdodentista, #vidadedentista, #profissaodentista, #odontodivas #consulta, #cobrarconsulta #radiologiaodontologica, #radiologia

 

Por favor Avalie Isto.

77total visits,19visits today

Sobre o Autor: Paula Pinheiro Abreu

Olá! Sou Paula Abreu. Sou formada em Odontologia pela UNESP de São José dos Campos e especialista em Radiologia e Imaginologia Odontológica pela USP (FUNDECTO). Estou atenta a tudo o que acontece no dia-a-dia e acredito que uma situação por mais simples que seja, podem nos ajudar a melhorar. Depende de nosso olhar! Porque Sorrir faz Bem e fazer outra pessoa Sorrir, melhor ainda! Vamos juntos!

Deixe uma Resposta

Seu Email nâo será Divulgado.