RADIOGRAFIAS INTRABUCAIS

 

O cirurgião-dentista, vendo a necessidade de avaliar melhor o caso, pode solicitar as chamadas Radiografias Intrabucais.

Normalmente, elas complementam a radiografia panorâmica, por terem uma maior riqueza de detalhes. São elas: as radiografias periapicais, interproximais e oclusais.

O exame é feito com bastante calma e cuidado, pois os sensores digitais vão dentro da boca e posicionados por grupos de dentes.

As radiografias periapicais exibem os dentes da coroa até a raiz. E podem indicar cáries, lesões endodônticas (o famoso “canal”), reabsorções ósseas e mostram a relação dos dentes de leite com os permanentes.

As radiografias interproximais permitem a visualização de cáries, cálculos (conhecido como “tártaro”), restaurações e coroas que estejam nas superfícies entre os dentes.

E as radiografias oclusais avaliam a direção de dentes inclusos, a extensão de alterações, o controle de expansão palatina e calcificações em glândulas salivares.

 

666total visits,2visits today